Motor de Pressurização de Escadas

Pressurização de escada é um sistema de emergência que opera com ventilação mecânica. No momento da instalação de pressurização de escadas nos edifícios, é preciso que esta instalação contenha junto um conjunto dos chamados "moto ventiladores". Este equipamento é utilizado para assoprar o ar em um compartimento que é chamado de caixa da escada e que auxilia na manutenção da pressão que deve ser entre 40 a 60 pa.

A pressurização de escadas é composta por um sistema de ventilação que possui um motor elétrico - este é instalado de maneira que fique isolado. Desta forma, o oxigênio é alcançado por uma "janela" que faz o processo de tomada do oxigênio externo, que por sua vez é oriundo do filtro de partículas. O assopro do ar que é deslocado para a escada é feito pelo cano de descarga de oxigênio e é realizado a partir do aparelho de ventilação.

Para saber mais sobre a instalação do Quadro elétrico em um sistema de pressurização de escadas. Dimensionamentos de danpens manuais e automáticos, e muito mais.

A pressurização tem a possibilidade de ser acionada de forma manual ou pelos dispositivos e pelos sistemas. Estes dispositivos podem ser:
- Automático pelo sistema que tem a capacidade de detectar um possível incêndio;
- De forma manual, por botoeiro, que é instalado na porta do prédio;
- De forma manual, onde é ligado de maneira direta na parte elétrica do ventilador;

O balanço da pressão de oxigênio, é obtido na escada, onde é controlada pelos "dampers" de forma manual e também pode ser automática, que deve ser instalada na descarga do aparelho de ventilação e no alto da escada;

O principal objetivo deste sistema é evitar que a fumaça entre na escada, buscando a facilidade de passagem de pessoas e facilitando também o trabalho do corpo de bombeiros no caso de um possível incêndio. A preocupação com este tipo de acidente é cada vez mais constante, no momento em que o engenheiro começa a fazer um projeto dos edifícios altos.

A fumaça (substância muito tóxica) acaba sendo a maior responsável por grande parte dos óbitos nas situações de incêndio, pelo motivo de que nestes casos tanto o fogo quanto a fumaça acabam tomando uma enorme proporção e é a partir das escadarias e também do fosso dos elevadores que pode haver esta passagem, o que pode ser fatal. É aí que o sistema de pressurização de escadas entra em ação, pois ele tem a capacidade de bloquear este caminho e, desta maneira, dificultar a passagem do fogo e da fumaça.

Cabe aqui fazermos um alerta de que o sistema não tem capacidade para eliminar um número (mínimo) das escadas de segurança. Em outras palavras: no caso de um prédio que seja muito alto (e tantos outros fatores) precisar de 2 ou de 3 escadas (escadas de segurança), esta exata quantidade de escadas será necessária para substituir pelo modelo da escada pressurizada.

As famosas "portas corta fogo" tem um papel fundamental no que diz respeito à manutenção de uma pressão mínima, que geralmente é de 50 pa. Este valor é atestado através de cálculos visando uma garantia de controle da perda de oxigênio, no momento da abertura e do fechamento. Para que se tenha um perfeito resultado neste sistema, é preciso levar em consideração a soma dos espaços que existem nas portas corta fogo (em todas) e verificar o acesso da saída do sistema.

Trabalhamos com as principais marcas do mercado